Seara de Vento PDF È Seara de PDF \ Paperback

Seara de Vento Romance baseado em factos reais A tristeza e desespero reinantes num Alentejo de gente sofrida e merc dos lavradores O vento que fustiga, parecendo acompanhar uma Justi a que n o existe.O cismar dos alentejanos tem ra zes profundas e muita raz o de ser e, falo por mim que j nasci em Lisboa, heredit rio. Hist ria triste, mas baseada em factos ver dicos Quem tenha algum conhecimento pr vio acerca dos acontecimentos hist ricos dos meados do s culo XX em Portugal ser capaz de entender o drama de que trata este romance A luta de classes no interior portugu s criava situa es que as autoridades da ditadura tentavam controlar usando a for a, privilegiando os mais ricos e n o os mais pobres Al m do valor hist rico, bvio, a precis o das descri es da ac o e personagens deixa os leitores imbu dos d Hist ria triste, mas baseada em factos ver dicos Quem tenha algum conhecimento pr vio acerca dos acontecimentos hist ricos dos meados do s culo XX em Portugal ser capaz de entender o drama de que trata este romance A luta de classes no interior portugu s criava situa es que as autoridades da ditadura tentavam controlar usando a for a, privilegiando os mais ricos e n o os mais pobres Al m do valor hist rico, bvio, a precis o das descri es da ac o e personagens deixa os leitores imbu dos destes sentimentos de frustra o, impot ncia e desgra a eminente que a fam lia protagonista tem de enfrentar uma leitura emocional, que nos devasta, escrita com uma mestria e assertividade que deveriam ser valorizadas pelas gera es mais novas de escritores portugueses.Destaca se, nesta edi o, o posf cio muito til para entender todo o enredo, prop sito e contexto s cio cultural do livro Magistral Este livro absolutamente magistral.H autores que parecem ter o cond o de fazer um filme na cabe a dos seus leitores Pegam em palavras, d o lhe um ritmo, criam imagens, e a partir da come amos a ver tudo, a sentir o cheiro, a tremer com o frio, a suar com a raiva, a tentar gerir tanta injusti a Seara de Vento retrata o Alentejo dos anos 50 Pobre e miser vel para a maior parte dos seus habitantes Rent vel e manipul vel para uma minoria de latifundi rios Mas desengane se quem Magistral Este livro absolutamente magistral.H autores que parecem ter o cond o de fazer um filme na cabe a dos seus leitores Pegam em palavras, d o lhe um ritmo, criam imagens, e a partir da come amos a ver tudo, a sentir o cheiro, a tremer com o frio, a suar com a raiva, a tentar gerir tanta injusti a Seara de Vento retrata o Alentejo dos anos 50 Pobre e miser vel para a maior parte dos seus habitantes Rent vel e manipul vel para uma minoria de latifundi rios Mas desengane se quem pense que um livro de cariz pol tico, apesar de ajudar, e de que maneira, a explicar o porqu de o comunismo ter tanto impacto nesta regi o acima de tudo uma novela, uma narrativa tremendamente bem escrita, que daria uma pe a de teatro ou um filme fabulosos, caso existisse em Portugal essa capacidade de dar vida aos nossos autores nossa hist ria.Naturalmente que s poderia atribuir 5 estrelas Isto literatura ao melhor n vel Boa em qualquer lugar do mundo E s posso acabar como iniciei magistral A escrita deste livro surpreendeu me L lo quase como ver o que nos contado A paisagem, a ventania, o forno derru do, as personagens Avan amos pela hist ria como se estiv ssemos a seguir as indica es do encenador Est o ambas junto da lareira apagada, sentadas nos mochos, sumidas nos vestidos pretos Em redor, sombras espessas diluem as paredes e os recantos numa s mancha circular Apenas as cantarias da lareira, batidas pela luz que vem da porta, se salientam aprumadas A hist ria que n A escrita deste livro surpreendeu me L lo quase como ver o que nos contado A paisagem, a ventania, o forno derru do, as personagens Avan amos pela hist ria como se estiv ssemos a seguir as indica es do encenador Est o ambas junto da lareira apagada, sentadas nos mochos, sumidas nos vestidos pretos Em redor, sombras espessas diluem as paredes e os recantos numa s mancha circular Apenas as cantarias da lareira, batidas pela luz que vem da porta, se salientam aprumadas A hist ria que nos contada baseada num caso ver dico, passado no Alentejo, numa pequena vila pr xima de Beja, nos anos 30 do s culo passado, embora o autor diga no final que se trata de fic o porventura ter sido esta declara o final do autor que evitou que o livro tivesse sido censurado quando foi publicado pela primeira vez em 1958.O Palma, que vive com a mulher, a sogra e os dois filhos mais novos, um dos quais autista, acusado de roubar sacas de cevada e por isso n o consegue arranjar trabalho Desesperado, come a por tentar ca ar inolvid vel a luta com o pastor e com a guia pelo corpo do coelho e depois aceita come ar a contrabandear O desespero que ele sente nos transmitido tamb m pela imagem do forno que caiu, pelo balancear e chamamento do filho autista e pela sempre presente ventania Sentimos a todo o momento que se vai dar uma trag dia cujos contornos ignoramos mas que antecipamos logo s primeiras p ginas.Quando acabei de o ler percebi que um livro extraordin rio n o precisa de seguir regras nem truques para ser lido N o preciso uma reviravolta na hist ria para reter a aten o do leitor se o livro for bom Da mesma maneira que n o preciso escrever na capa e na contracapa que se trata do melhor livro do ano Uma palavra tamb m para a eleg ncia da edi o e beleza da capa que do Vespeira Um murro no est mago, tamanha a dureza destes tempos no Alentejo Uma leitura crua e forte. Os ricos propriet rios capitalistas s o todos uns filhos da m e e os trabalhadores s o todos uns pobres coitados Pois, esta a mensagem que retiramos do livro Seara de Vento Escrito na poca da ditadura, natural que tenha uma forte carga ideol gica O problema quando a ideologia transforma uma hist ria com potencial para ser algo muito interessante num catecismo com personagens que s o aut nticas caricaturas H outras formas mais eficazes de denunciar injusti as utilizando a literatur Os ricos propriet rios capitalistas s o todos uns filhos da m e e os trabalhadores s o todos uns pobres coitados Pois, esta a mensagem que retiramos do livro Seara de Vento Escrito na poca da ditadura, natural que tenha uma forte carga ideol gica O problema quando a ideologia transforma uma hist ria com potencial para ser algo muito interessante num catecismo com personagens que s o aut nticas caricaturas H outras formas mais eficazes de denunciar injusti as utilizando a literatura Este livro um pouco confuso Retrata no in cio os dilemas de uma fam lia tradicional portuguesa O chefe da fam lia parece estar envolvido no contrabando Mas depois o cen rio muda para um estado de opress o Membros dessa fam lia s o presos, mortes e uma mulher acaba por se atentar contra a sua vida.S atrav s do posf cio se consegue entender que retrata o per odo do Estado Novo E que a hist ria inspirada em testemunhos verdadeiros Apesar de todo, e pelo final me ter conquistado, de Este livro um pouco confuso Retrata no in cio os dilemas de uma fam lia tradicional portuguesa O chefe da fam lia parece estar envolvido no contrabando Mas depois o cen rio muda para um estado de opress o Membros dessa fam lia s o presos, mortes e uma mulher acaba por se atentar contra a sua vida.S atrav s do posf cio se consegue entender que retrata o per odo do Estado Novo E que a hist ria inspirada em testemunhos verdadeiros Apesar de todo, e pelo final me ter conquistado, de louvar a atitude do escritor por tentar dar vida e mostrar a resist ncia dessas pessoas humildes Romance soberbo baseado numa hist ria ver dica ocorrida em 1932 pr ximo de Beja A fome negra dos pobres, assim mantidos com a ajuda da pol cia e alimentada pela igreja e pela comunica o social.Esta inevitabilidade foi rompida momentaneamente nesse epis dio tr gico de 1932 quando um trabalhador rural se revolta de forma violenta contra quem tinha semeado os ventos e que depois colheram a tempestade. Gostei do livro No entanto, acho que lhe falta algum suspense para eu considerar um grande livro, falta um bocadinho de pensarmos e agora que acontece Mas acho que um bom livro representativo da realidade de Portugal dos anos 30, da liga o entre ricos e a pol cia, da tristeza infinita do que ser pobre, das pessoas, das esperan as que podiam ter na vida Acho muito interessante o posf cio escrito pelo autor, consegue insirir nos melhor na poca do romance Seara de Vento um romance neo realista de Manuel da Fonseca publicado em Neste livro retrata se a vida da fam lia Palma, uma fam lia simples e tradicional portuguesa, que habita num pequeno vilarejo onde a for a das oligarquias a GNR e as fam lias ricas oprime terrivelmente os camponeses e subverte as rela es familiares ❴Reading❵ ➻ Muerte en Hamburgo (Jan Fabel, Author Craig Russell – Ralphslaurensoutlet.co.uk uma fam lia simples e tradicional portuguesa ❴Download❵ ➾ Jazz Age Stories Author F. Scott Fitzgerald – Ralphslaurensoutlet.co.uk que habita num pequeno vilarejo onde a for a das oligarquias a GNR e as fam lias ricas oprime terrivelmente os camponeses e subverte as rela es familiares


About the Author: Manuel da Fonseca

MANUEL DA FONSECA nasceu em Santiago do Cac m, a 15 de Outubro de 1911 Tendo feito estudos secund rios em Lisboa, deixou colabora o dispersa em revistas liter rias designadamente na Atl ntico e fez parte do grupo do Novo Cancioneiro , com a publica o de Plan cie 1941 Poeta e ficcionista, estreou se com o volume de poemas Rosa dos Ventos 1940 , e os livros de contos Aldeia Nova 1942 e O Fogo e as Cinzas 1942 Entre os seus romances avultam Cerromaior 1943 e Seara do Vento 1958 Integrado de in cio na corrente neo realista, enveredou depois por um regionalismo expresso simbolicamente atrav s da vegeta o castigada e das pessoas sem fortuna nem esperan a Foi condecorado pela Presid ncia da Rep blica com a Comenda da Ordem de Sant Iago da Espada, em 1983 Faleceu em Lisboa, a 11 de Mar o de 1993.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *